Questão de tempo – Um filme sem comparação

filme-questaodetempo2

 Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.

Quem convive comigo sabe que eu amo filmes europeus, mais pela quantidade de detalhes demonstrando muito mais sentimento que outros filmes em geral, mas não vamos generalizar, há filmes europeus bem ruins, assim como em qualquer lugar.

Eu digo que esse é um filme sem comparação, porque é o primeiro filme que assisti e não encontrei defeito, nenhum mesmo, texto perfeito e sem falhas e olha que é um filme sobre viagens no tempo! Fotografia excelente, atores impecáveis e por aí vai! É um filme lindo, o amor a família é retratado de forma real e sem exageros sensacionalistas, mas com tanto sentimento que é difícil não chorar, assisti pela milésima vez estes dias atrás com um casal de amigos e é lógico que caiu um cisco no olho deles né kkkk!

O longa escrito e dirigido por Richard Curtis, nos trás uma reflexão sobre como nós vivemos e o que realmente é importante, através das viagens no tempo que Tim faz de uma forma bastante divertida! As falas são muito engraçadas, mas de forma inteligente, por isso pode ser que nem todos achem tão bom assim, enquanto eu simplesmente fico imaginando quanto tempo foi necessário para criar diálogos tão interessantes!

Gosto de assistir esse filme de tempos em tempos, porque sempre que o assisto, lembro de o quanto preciso me tornar uma pessoa melhor, dar valor ao que realmente tem valor, ser menos chata e aproveitar os momentos como eles são, o filme retrata muito isso, o quanto os momentos simples são extraordinários. Questão de tempo ou About time, é um filme bom do início ao fim, daqueles que a gente tem que deixar o Smartphone de lado para não perder nenhum detalhe, daqueles com tantas frases incríveis que é difícil se lembrar de todas, por mais que a gente queira, daqueles que a gente termina de assistir, depois de mais de duas horas de filme e pensa, podia ser uma série sem fim!

Vou parar por aqui, porque como vocês sabem, eu gosto de indicar bons filmes, não curto muito resumir a história, tecnicamente eu falo o quanto vale a pena assistir… Como eu gosto muuuuuito desse filme, coloquei várias imagens nesse post, estão em ordem cronológia, espero que curtam tanto quanto eu!

1375148_742256195788583_2082567224_n filme14010a936-e0ea-4cd2-81a5-69e37092e30dcena-de-questao-de-tempo-de-richard-curtis-1387241787527_750x500questao-de-tempo-filme-principalimg-rachel-mcadams-questao-de-tempo-03bquestao-de-tempo-39be1b07f-0b9f-45d7-a4ca-22893c44283b1-18cn96o3dbpilp8crtn1t2f1x1article-2409739-1b9893bd000005dc-339_640x469

A sinopse foi retirada daqui. Todas as fotos são reprodução/divulgação do filme.

Look do dia – jeans e flores

O look de hoje é bem casual. Blusa com estampa florida em fundo preto, com calça jeans. O  charme fica por conta da sandália com tiras e calcanhar com estampa de cobra, que é com certeza uma das minhas favoritas. Para finalizar, bolsa estilo totem em cores neutras e óculos de sol super lindo e grande kkk, que foi uma das aquisições da minha última viajem e já virou queridinho por aqui.

blog aaablog 2aaablog 5aablog 6blog 3blog 4Estou usando:

Blusa; Lida Pires

Calça; Colcci

Óculos; Armatto

Cinto; Hering

Bolsa; Rafitthy

Sandália: Santa Lolla

Nosso closet: feito reutilizando partes de um guarda-roupa

Hoje vou contar como eu e o Noel fizemos nosso closet gastando bem pouco. E por falar em closet, serão dois posts, não que ele seja grande, é que vou contar como fizemos e no segundo post mostrar como ficou, ainda não vou mostrar ele com as roupas, sapatos e tals, porquê ele ainda não está totalmente pronto, ainda não compramos cabides novos, estou usando os que já tínhamos, que são daqueles pretos de plástico e também ainda faltam alguns detalhes, então quando estiver totalmente pronto, faço outro post mostrando como ficou.

Nós, mais eu, sempre quisemos um closet e mesmo depois de construirmos o cômodo, ainda estava complicado realizar esse sonho, um closet planejado custaria muito mais do que poderíamos gastar no momento, foi então que numa noite, sentados no sofá assistindo TV, eu disse — Xuxu e se a gente usasse seu guarda-roupa para fazer o closet? —  por incrível que pareça, ele adorou a ideia! E então começamos a planejar tudo, para saber primeiramente se era possível, o quanto poderíamos aproveitar do guarda-roupa e quantas peças precisaríamos comprar, ao fim de todos os cálculos estávamos super animados e prontos para começar!

Usamos quase todas as partes do guarda-roupa, sobrou apenas as gavetas que nós resolvemos não usar no closet, pois temos mais roupas penduráveis e o espaço é pequeno, então os móveis de gaveta ficam no nosso quarto.

No auge da emoção de quando estávamos trabalhando, quase sempre esquecíamos de fotografar. Essa foto abaixo mostra a cor do antigo guarda-roupa, essas divisórias aí são das antigas portas. blog 2Pintamos todas as as partes de branco, para o cômodo ficar mais clean e também para parecer maior. Compramos as barras de inox numa loja de materiais para marcenaria, a barra normalmente é de três metros e a gente corta do tamanho que precisar. Compramos também os encaixes para a barra, esses em especial são ótimos porque tem uma opção para travar a barra, então ela fica estática e até firma mais os as divisórias. blog 3Compramos uns pezinhos e colocamos debaixo das divisórias, para que elas não tocassem o chão. Decidimos não colocar uma divisória em baixo, porque dificultaria na hora de limpar, mas pode ser que futuramente a gente coloque alguma plataforma de mármore em baixo, separando o chão do armário.blog 4Como o closet é pequeno, tive que usar uma das divisórias de baixo para blusas, então resolvi fazer essa divisória mais alta, porquê normalmente as blusas são mais compridas. blog 6Quando imagino um closet, sempre idealizo a parede no fundo cheia de sapatos, então nosso projeto partiu disso!

As partes do guarda roupas não eram suficientes para fazer tudo, então encomendamos placas de MDF sob medida para fazer as prateleiras de sapatos no fundo. As prateleira foram colocadas com distancias diferentes, as de cima tem espaçamento maior, para sapatos de salto, o espaçamento vai diminuindo até um espaço suficiente para tênis e sapatilhas.blog 5Aquela parte no fundo sem divisória ao meio é  a parte de vestidos longos.blog 7Ficou assim, nosso closet lindo! Feito pelas nossas mãos, juntos e com muito amor! Desculpa os defeitos na foto, mas é uma foto paralela que o Noel tirou, a montagem do aplicativo tem falhas, mas é a única que temos dele sem as roupas, a minha ansiedade me fez colocar as roupas lá mesmo antes de estar totalmente pronto kkkkkk.blog 1 aA gente utilizou makita, furadeira, martelo, chave de fenda, parafusos, cantoneira, barras de inox para colocar cabides, pés de inox, fita de acabamento para placas de MDF, MDF, tinta branca, pincel, rolo de pintura e espelho grande. Que eu me lembre, esses foram os itens utilizados. Não calculamos o custo final, mas foi muito baixo.

Quero aproveitar para agradecer ao Noel por ter ser um marido tão parceiro e paciente! E também dizer que esse closet feito em sua maioria de materiais reaproveitáveis, tem muito mais valor para mim do que se a gente tivesse comprado um todo planejadinho. Obrigada Xuxu! ❤