Questão de tempo – Um filme sem comparação

filme-questaodetempo2

 Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.

Quem convive comigo sabe que eu amo filmes europeus, mais pela quantidade de detalhes demonstrando muito mais sentimento que outros filmes em geral, mas não vamos generalizar, há filmes europeus bem ruins, assim como em qualquer lugar.

Eu digo que esse é um filme sem comparação, porque é o primeiro filme que assisti e não encontrei defeito, nenhum mesmo, texto perfeito e sem falhas e olha que é um filme sobre viagens no tempo! Fotografia excelente, atores impecáveis e por aí vai! É um filme lindo, o amor a família é retratado de forma real e sem exageros sensacionalistas, mas com tanto sentimento que é difícil não chorar, assisti pela milésima vez estes dias atrás com um casal de amigos e é lógico que caiu um cisco no olho deles né kkkk!

O longa escrito e dirigido por Richard Curtis, nos trás uma reflexão sobre como nós vivemos e o que realmente é importante, através das viagens no tempo que Tim faz de uma forma bastante divertida! As falas são muito engraçadas, mas de forma inteligente, por isso pode ser que nem todos achem tão bom assim, enquanto eu simplesmente fico imaginando quanto tempo foi necessário para criar diálogos tão interessantes!

Gosto de assistir esse filme de tempos em tempos, porque sempre que o assisto, lembro de o quanto preciso me tornar uma pessoa melhor, dar valor ao que realmente tem valor, ser menos chata e aproveitar os momentos como eles são, o filme retrata muito isso, o quanto os momentos simples são extraordinários. Questão de tempo ou About time, é um filme bom do início ao fim, daqueles que a gente tem que deixar o Smartphone de lado para não perder nenhum detalhe, daqueles com tantas frases incríveis que é difícil se lembrar de todas, por mais que a gente queira, daqueles que a gente termina de assistir, depois de mais de duas horas de filme e pensa, podia ser uma série sem fim!

Vou parar por aqui, porque como vocês sabem, eu gosto de indicar bons filmes, não curto muito resumir a história, tecnicamente eu falo o quanto vale a pena assistir… Como eu gosto muuuuuito desse filme, coloquei várias imagens nesse post, estão em ordem cronológia, espero que curtam tanto quanto eu!

1375148_742256195788583_2082567224_n filme14010a936-e0ea-4cd2-81a5-69e37092e30dcena-de-questao-de-tempo-de-richard-curtis-1387241787527_750x500questao-de-tempo-filme-principalimg-rachel-mcadams-questao-de-tempo-03bquestao-de-tempo-39be1b07f-0b9f-45d7-a4ca-22893c44283b1-18cn96o3dbpilp8crtn1t2f1x1article-2409739-1b9893bd000005dc-339_640x469

A sinopse foi retirada daqui. Todas as fotos são reprodução/divulgação do filme.
Anúncios

Filme Uma canção para ela – The song

Lembram do post sobre correr atrás do vento que escrevi semana passada? Pois é, esse filme ilustra exatamente esse dilema sobre o que realmente importa. Inspirado nas canções e na vida de Salomão, é um filme espetacular que eu tive a sorte de estar com a tv ligada no canal em que ele ia passar antes dele começar, me surpreendi tanto com o filme que fiquei impressionada de ainda não ter ouvido falar dele, confesso que no início pensei que seria só mais um daqueles romances clichês, mas foi bem além das minhas expectativas. O título original é The Song , que traduzido significa A canção. Tem como atores principais Alan Powell, Ali Faulkner e Caitlin Nicol-Thomas.

The song é um filme cristão e a gente percebe isso claramente no decorrer das cenas, pois além da reflexão que ele nos trás sobre vaidade, não há cenas de sexos ou nudez. E o mais interessante é que o ator Alan Powell que na vida real faz parte de uma banda evangélica de Pop Rock, Anthem Lights, só topou fazer o filme com algumas condições já pré estabelecidas, como que não beijaria nenhuma mulher que não fosse sua esposa e como vocês verão, existem duas cenas no filme que tem beijo e que beijo! Mas na verdade a cena foi feita com a esposa do ator, a equipe teve que fazer um jogo de câmeras para parecer que ele estava beijando a atriz Ali Faulkner!

Enfim, espero que vocês assistam porque realmente vale a pena! Vou colocar a sinopse aqui e algumas fotos/cena, mas não vou contar mais nada não, para vocês ficarem mais curiosos,  porque filme bom é filme que a gente não sabe o que vai acontecer né?!

Sinopse:

O aspirante a cantor Jed King (Alan Powell) se apaixona pela filha do dono do vinhedo, no qual se apresentará em um festival. Após o casamento, Jed escreve “a música” para a esposa, que se tornará seu grande hit. Juntamente com a fama, tentações provocaram o cantor, e com ela a cantora Shelby Bale (Caitlin Nicol-Thomas).

As fotos são cenas do filme. FOTOS/REPRODUÇÃO

Ficção científica ❤ : Filme Interstellar

interstellar1

Sempre achei engraçado algumas de minhas amigas terem uma personalidade tão definida, gostavam de algo específico e pronto, o resto não faziam o estilo delas, desde pequenas gostavam ou não de brincar de bonecas, enquanto eu brincava com todos os brinquedos que aparecesse, bonecas, bola, carrinho, corda, panelinhas e até costurava roupinhas a mão para minhas bonecas. Enfim, sempre fui muito eclética, eu via possibilidade de diversão em quase tudo, eu cresci e continuei assim, inclusive no meu interesse em filmes, mas também não quer dizer que gosto de tuuuudo não, como eu disse aqui, não me chame para assistir filmes de terror, que eu não irei, e dependendo do suspense também não kkkkk, mas eu amooooo ficção científica, acho que é porque a possibilidade de coisas geralmente impossíveis e desconhecidas exerce uma grande força de atração sobre mim, então vivo assistindo ficção científica! Eu não vou dizer que não sou daquelas mulheres que amam filmes românticos, comédias românticas ou aqueles filmes bem mulherzinha ao estilo delírios de consumo de Becky Bloom, que inclusive já assisti um monte de vezes, mas hoje  eu vim falar um pouquinho sobre minha quedinha por ficção científica, e contar um pouquinho sobre o filme interstellar, mas relaxa que não terá spoilers!

Interstellar é o ultimo filme do diretor Christopher Nolan e tem como protagonista o ator Matthew McConaughey como Cooper, juntamente com Anne Hathaway como Brand, Mackenzie Foy e Jessica Chastain como Murph. O filme conta a história sobre um possível futuro da terra onde a humanidade convive com a falta de alimento por causa do ataque de uma praga que se instalou nas plantações ao redor do planeta e o único cereal que ainda não foi afetado é o milho e ainda por cima a praga acaba com o oxigênio da terra.  Para tentar acabar com a fome, todas as atividades que não eram em prol da produção de alimentos deram lugar a fazendas e fazendeiros, a maioria das pessoas são destinadas ao campo a fim de produzir mais alimentos e acabar com a fome, enquanto pouquíssimas formam-se efetivamente em uma Universidade.  Cooper é um ex-piloto de testes da NASA que vive em com seus dois filhos e sogro como fazendeiro. Ele curti bastante tecnologia,  então usa partes de drones e outros restos tecnológicos para criar máquinas para operar na lavoura, mas ele odeia o fato de a tecnologia não ter ajudado na identificação do câncer cerebral de sua mulher, que morreu. Depois de uma tempestade de areia, algo diferente acontece no quarto de sua filha Murph e isso faz com que ele encontre uma base secreta ainda em funcionamento da NASA, ele é reconhecido por seu antigo trabalho e é convidado para participar de uma importante missão espacial para tentar encontrar um novo planeta para os seres humanos.

O filme é bem diferente dos que eu já havia assistido sobre o espaço, não dá para prever o final, muitas surpresas, muitas teorias intrigantes e até o momento impossíveis sobre o espaço , muita física, enfim tudo de bom, super indico, já até inclusive passei na escola para meus alunos e eles adoraram. Vou deixar abaixo algumas imagens, não vou falar mais sobre o filme porque é legal ir desvendando tudo conforme se assiste. Espero que gostem do filme, se alguém assistir, me diz o que achou nos comentários, vou adorar saber a opinião de vocês!10300878_321021761379929_6783864863960142126_n Interstellar-Official-Poster-Banner-PROMO-16OUTUBRO2014-08Interstellar Film  interstellar-332 Interstellar-destaque  o-interstellar-tv-spots-facebook